Delegados acusados de corrupção obtém liberdade

8 de fevereiro de 2011

O juiz David Capelatto, do Fórum Criminal da Barra Funda (SP), decretou a liberdade dos delegados Flavio Affonso da Costa e Eliton Martinelli do 42º DP, presos na última quinta-feira (3/2) por policiais da Corregedoria da Polícia sob acusação de terem suprimidos dados de investigação.

 

A Corregedoria da Polícia Civil investiga o pagamento de propina a policiais daquela delegacia. Consta no flagrante que o delegado titular Eliton Martinelli e seu assistente Flavio Affonso da Costa desapareceram com uma lista que continha nomes de pessoas envolvidas na corrupção.

 

Para o advogado criminalista Ademar Gomes, que defende os delegados, o flagrante foi inconscistente, pois, não há qualquer prova concreta da existência da lista.



Outras notícias