Em vídeo, ministro do Planejamento afirma que vai assinar indenização de fronteiras

29 de setembro de 2017

A luta pela regulamentação da indenização de fronteiras pode ter um desfecho positivo ainda esta semana. Em vídeo divulgado nesta quinta-feira (28), e que circula nas redes sociais, o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, afirma que dará encaminhamento ao pleito dos policiais federais e outras carreiras do serviço público que atuam nessas regiões.

“Confirmando: nós vamos assinar ainda hoje e encaminhar o decreto que finalmente vai regulamentar a indenização de fronteira. Essa é uma luta histórica e que finalmente vai terminar de forma satisfatória, principalmente para a população”, destacou o ministro.

Representantes da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entidade que desde 2013 trava uma luta pela regulamentação da lei, receberam a notícia com otimismo e afirmam que durante esta sexta-feira (29) vão se articular junto a porta-vozes do governo para obter a lista de municípios contemplados.

De acordo com o presidente da Federação, Luís Antônio Boudens, “a Fenapef espera que o Decreto contemple todas as 48 localidades da Policia Federal que foram acordadas com o MPOG, cujo cálculo do pagamento das indenizações foi feito com base na proximidade do local de atuação do policial com a fronteira, a dificuldade de fixação do policial e a qualidade de serviços como saúde, educação e moradia na localidade, além da demanda dos concursos de remoção”.

O presidente explica que a medida vai dar mais eficiência para o trabalho realizado na fronteira e locais de difícil provimento. “A fixação do policial federal por um tempo maior nessas áreas, com motivação, propiciará mais qualidade ao trabalho de fiscalização, de inteligência e de investigação das organizações criminosas”, diz.

O vídeo foi divulgado nesta quinta-feira, pelo senadores José Medeiros e Wellington Fagundes, ambos com atuação em projetos de Segurança Pública.

* Aguarde mais informações ao longo do dia *

Agência Fenapef



Outras notícias