Fenapef inicia campanha contra Crimes Cibernéticos

15 de fevereiro de 2016

Com a globalização da informatização e o fácil acesso à informática por meio de computadores, smartphones e tablets, o crime cibernético, delito praticado através da internet, tem aumentado de forma considerável. Pensando nisso e por ser uma das atribuições da Polícia Federal, a Fenapef, com informações da SaferNet Brasil, iniciará esta semana campanha com dicas para um acesso seguro às redes.

A primeira dica será postada na terça-feira, 16. Serão dadas dicas de segurança e alerta dos perigos que o internauta corre ao compartilhar certos conteúdos nas redes, bem como aumentar a própria segurança para não ser vítima de golpes.

A Lei 12.737/2012, que tipifica como crime uma série de condutas no ambiente virtual, entrou em vigor em abril de 2013 alterando o Código Penal. Pode ser considerado crime o roubo de dados, golpes virtuais, bullying cibernético, roubo de identidade, pornografia e pedofilia infantil, invasão de privacidade, disseminação de vírus que coletam e-mails para venda de mailing, fraudes bancárias, violação de propriedade intelectual ou mera invasão de sites ou redes sociais para deixar mensagens difamatórias como forma de insulto a outras pessoas.

O objetivo da Fenapef é informar o cidadão que tem cada dia mais, aumentado seu acesso à rede de informática. As denúncias podem ser feitas por meio do site da Polícia Federal.

Onde encontrar a Fenapef:

Facebook: https://www.facebook.com/fenapef/?ref=hl

Twitter: @FENAPEF

Instagram: @fenapef_oficial



Outras notícias