ÁREA RESTRITA
E-MAIL 
SENHA 

19/06/2012



Rio de Janeiro
Polícia apura se escrivã da PF cometeu suicídio



A Polícia Civil do Rio de Janeiro aguarda o resultado de exames periciais para confrontar com as informações prestadas pelo engenheiro Jolmar Vagner Alves Milato e elucidar a sequência de acontecimentos que resultaram na morte da policial federal Angelina Filgueiras, irmã mais nova da modelo Ângela Bismarchi, e do seu ex-marido, o oficial da Marinha reformado Márcio Luiz Dias Fonseca. O caso está sendo investigado como suicídio de Angelina seguido de homicídio cometido por Milato contra Fernandes. 

 

Milato, namorado de Angelina, deu detalhes de como ocorreu o crime em mais de três horas de depoimento. Segundo ele, Fonseca invadiu armado a casa de Angelina por volta das 23 horas de sexta-feira. Os dois homens iniciaram uma briga. Durante a luta, Angelina pegou a arma, apontou contra o próprio corpo e disparou. Milato, então, alcançou a arma e disparou três vezes contra Fernandes, que morreu no local.

 

O delegado responsável pelo caso, Gabriel Ferrando, informou que familiares e vizinhos relataram as constantes brigas entre Angelina e Fonseca. Também há informação de que ela teria tentado suicídio outras vezes, uma delas dois dias antes da tragédia.  

 

Ferrando informou que, por enquanto, não há pedido de prisão temporária expedido contra Milato. Segundo o delegado, primeiro serão tomados outros depoimentos e será feita a análise de laudos da perícia e do exame de resíduos de pólvora nas vítimas. Ele deverá ser indiciado por homicídio doloso. 

 

Esta é a segunda tragédia pessol da família de Ângela Bismarchi. Em 2002, o então marido da modelo, o cirurgião plástico Ox Bismarchi, foi assassinado com três tiros na casa em que o casal morava, no Rio de Janeiro. Ângela chegou a ser considerada suspeita, mas posteriormente a polícia concluiu que o cirurgião foi vítima de um assalto cometido por cinco homens e planejado pelo caseiro que trabalhava na casa.

 

Televisão - A modelo Ângela Bismarchi, que participa de um reality show, foi informada da morte da irmã pelo marido, o cirurgião plástico Wagner Morais.  Ela decidiu continuar no programa e não acompanhou o enterro, ocorrido na tarde desta segunda-feira no cemitério de Inhaúma, zona norte do Rio de Janeiro.


Fonte: Agência Fenapef com Veja

Efetue Login para ler os Comentários.

> CAMPANHAS
     
DENUNCIAR
> MAIS LIDAS+
> LEITURA E LAZER
> CONVÊNIOS
Federação Nacional dos Policiais Federais - FENAPEF
SEPS 712/912 - Bloco 01 - Salas 101 a 107 - Conjunto Pasteur
Fone: (61) 3445-5200 - CEP 70390-125 - Brasília - DF