ÁREA RESTRITA
E-MAIL 
SENHA 

27/06/2012



Rio de Janeiro
Estado tem nova queda recorde de homicídios



O número de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no Estado do Rio nos cinco primeiros meses deste ano foi o menor registrado desde o início da série histórica, em 1991, segundo boletim do Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgado ontem. Foram 1.784 casos contra 1.945 no mesmo período de 2011, uma queda de 8,3%. Já a taxa de homicídios por cem mil habitantes ficou em 10,9 (contra 12 por cem mil em 2011). Como antecipou Ancelmo Gois em sua coluna no GLOBO, a taxa está bem próxima da tolerada pela OMS, que é de dez por cem mil.

 

Segundo o boletim, também foi o mês de maio com menor número de homicídios dolosos desde 1991. No mês passado, foram registrados 344 casos, contra 368 no mesmo período do ano passado - uma redução de 6,5%.

 

Na capital, o recuo é ainda maior: foram 86 em maio passado, uma queda de 32% em relação ao mesmo mês de 2011, quando ocorreram 128. Já a cidade de São Paulo teve um aumento de 21% no mesmo período, com 107 vítimas no mês passado. NO Estado de São Paulo, houve uma redução de 3,2%.

 

Já o número de latrocínios (roubos com morte) no Estado do Rio aumentou: foram 60 casos em maio deste ano contra 41 no mesmo mês de 2011. Na capital, o número de roubos de veículos aumentou 42%, passando de 727 em maio de 2011 para 1.037 no mesmo mês deste ano. No período de janeiro a maio, foram 7.554 casos em 2011 contra 9.702 este ano, um crescimento de 28,4%. Os roubos a transeuntes subiram de 34 em maio de 2011 para 57 no mesmo mês deste ano (um acréscimo de 67%).

 

O indicador de letalidade violenta (homicídios dolosos, latrocínios, autos de resistência e lesões corporais seguidas de morte) voltou a cair em maio deste ano, sendo o menor desde 2000. Foram 398 registros em maio passado contra 455 no mesmo período de 2011. Nos cinco primeiros meses deste ano, foram 2.048 contra 2.319 em 2011.

 

Já o indicador roubos de rua (assaltos a transeuntes, em ônibus e roubos de celular) teve redução de 11,8% nos primeiros cinco meses de 2012, comparado ao mesmo período de 2011.


Fonte: O Globo

Efetue Login para ler os Comentários.

     
DENUNCIAR
> CAMPANHAS
> INTEGRAÇÃO FENAPEF
> MAIS LIDAS+
> LEITURA E LAZER
> CONVÊNIOS
Federação Nacional dos Policiais Federais - FENAPEF
SEPS 712/912 - Bloco 01 - Salas 101 a 107 - Conjunto Pasteur
Fone: (61) 3445-5200 - CEP 70390-125 - Brasília - DF