ÁREA RESTRITA
E-MAIL 
SENHA 

09/07/2012



Polícia Federal faz vistorias em busca de fraudes em casamentos



Pode ser em apenas dez dias ou um ano e meio depois, mas uma hora acaba acontecendo: a Polícia Federal aparece de surpresa no endereço informado pelo casal recém-formado.

 

O que os policiais procuram são indícios de fraude nas relações entre estrangeiros e brasileiros que resolvem se casar. Procurada pela Folha, a PF disse se tratar de uma diligência normal.

 

Quem já passou por isso garante que não fica nada sem ser checado pelos agentes. Segundo esses estrangeiros, os vizinhos ou o porteiro são questionados se, de fato, o casal mora no endereço informado.

 

Até possíveis desavenças com a sogra podem ser alvo da investigação dos agentes.

 

"Perguntaram o histórico de nossa relação, como e quando a gente se conheceu. Se interessaram pela relação de minha mãe com o meu marido, queriam saber se brigavam ou não", conta Renata Cerqueira Santos, 36, enfermeira, casada --de verdade-- com um boliviano.

 

 

Mesmo assim, os "casais de aluguel" ouvidos pela Folha dizem tomar os cuidados necessários para "passar" pela vistoria da PF.

 

 

Para esses estrangeiros, mesmo que o caminho dos casamentos arranjados seja arriscado ainda é melhor do que enfrentar a burocracia atrás do visto de permanência e não conseguir.

 

 

Em 2010, por exemplo, 3.700 estrangeiros tiveram o visto de trabalho negado, segundo o Conselho Geral de Imigração.


Fonte: Folha de S.Paulo

Efetue Login para ler os Comentários.

Federação Nacional dos Policiais Federais - FENAPEF
SEPS 712/912 - Bloco 01 - Salas 101 a 107 - Conjunto Pasteur
Fone: (61) 3445-5200 - CEP 70390-125 - Brasília - DF