ÁREA RESTRITA
E-MAIL 
SENHA 

20/07/2012



MPF
Justiça Federal condena policiais civis e confisca 17 imóveis por lavagem de dinheiro no Rio



A Justiça Federal divulgou hoje (19), após o fim do prazo de segredo de Justiça, sentença proferida no dia 2 de abril deste ano, condenando por lavagem de dinheiro três policiais civis denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2006, após a Operação Gladiador, da Polícia Federal. Também foram condenadas mais quatro pessoas, parentes dos réus.

 

 

A sentença foi proferida pela juíza Karla Nanci Grando, que determinou a perda de 17 imóveis dos condenados, incluindo terrenos, uma mansão e uma cobertura, por entender que foram adquiridos com dinheiro ilícito, pois os réus não teriam capacidade financeira, entre eles policiais civis, para adquiri-los.

 

 

 

A magistrada também determinou a perda de cargo público dos policiais Jorge Luis Fernandes, condenado a cinco anos e quatro meses de prisão, em regime semiaberto, Hélio Machado da Conceição, condenado a cinco anos e três meses em regime semiaberto, e Fábio Menezes de Leão, condenado a seis anos, em regime semiaberto.

 

 

 

Quatro mulheres foram condenadas a penas que variam de três a quatro anos de reclusão, mas que foram substituídas por prestação de serviços à comunidade no período condenatório.

 

 

 

Os policiais formavam na época o que ficou conhecido como Grupo dos Inhos, pois todos eram chamados pelos apelidos diminutivos. Segundo denúncia do MPF, eles fariam parte do grupo do contraventor Rogério Andrade, sobrinho do bicheiro Castor de Andrade, morto em 1997. Todos os réus poderão recorrer em liberdade.


Fonte: Estado de S. Paulo

Efetue Login para ler os Comentários.

     
DENUNCIAR
> CAMPANHAS
> INTEGRAÇÃO FENAPEF
> Mais lidas+
> LEITURA E LAZER
> CONVÊNIOS
Federação Nacional dos Policiais Federais - FENAPEF
SEPS 712/912 - Bloco 01 - Salas 101 a 107 - Conjunto Pasteur
Fone: (61) 3445-5200 - CEP 70390-125 - Brasília - DF