ÁREA RESTRITA
E-MAIL 
SENHA 

30/07/2012



Segurança verde-oliva
Sistema de monitoramento de fronteira vai começar em MS



Além do Proteger, o Exército dispõe de dois outros projetos estratégicos em adoção que foram apresentados à presidente Dilma Rousseff na reunião da última terça-feira: o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), orçado em R$ 11,9 bilhões e que estará concluído em dez anos, e o Centro de Defesa Cibernética (CD Ciber), com custo de R$ 2,3 bilhões, a ser instalado em quatro anos. Todos os projetos funcionam de forma integrada e fazem parte de um total de sete planos estratégicos em desenvolvimento no Exército, com objetivo de ampliar o poder de atuação da Força Terrestre.

 

 

Segundo o comandante do Exército, general Enzo Peri, na próxima terça-feira será aberta a licitação do projeto piloto do Sisfrom, a ser instalado em Dourados (MS). O piloto prevê o reforço de 650 quilômetros de fronteiras que dividem Mato Grosso do Sul com Bolívia e Paraguai. Este ano, serão destinados R$ 300 milhões ao Sisfrom, sendo R$ 180 milhões para o sistema de radares de Dourados, que deverão ser integrados a outras plataformas de vigilância da região.

 

 

Já o CD Ciber, que receberá R$ 120 milhões este ano, passou pelo seu primeiro teste durante a Rio+20. O Brasil, hoje, é o único país da América Latina a contar com um simulador de defesa cibernético.


Fonte: Estado de S. Paulo

Efetue Login para ler os Comentários.

> CAMPANHAS
     
DENUNCIAR
> MAIS LIDAS+
> LEITURA E LAZER
> CONVÊNIOS
Federação Nacional dos Policiais Federais - FENAPEF
SEPS 712/912 - Bloco 01 - Salas 101 a 107 - Conjunto Pasteur
Fone: (61) 3445-5200 - CEP 70390-125 - Brasília - DF