Ministro ‘optou por manter a estabilidade’, diz presidente da Fenapef

19 de setembro de 2017

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) deu sinais de apoio à manutenção do diretor geral da PF, delegado Leandro Daiello, no cargo.

“Creio que ele (ministro Torquato Jardim) optou por manter a estabilidade; a especulação de nomes influenciou a decisão. Mantém o apoio da opinião pública e evita críticas por conta da Lava Jato”, diz Luís Boudens, presidente da federação.

A Fenapef apoia a indicação de dois nomes para diretoria geral da PF: “Tanto o (Fernando) Segóvia quanto o Rogério Galloro, por perfil mais policial e menos burocrata, teriam nosso apoio”, diz Boudens.

 Conforme a Coluna tem noticiado desde o último dia 29 de agosto, há uma batalha interna de diferentes correntes dentro da PF para indicar o novo DG. O ministro Torquato, diante do impasse, pediu a Daiello que continue por ora.

 Fonte: Último Segundo/Blog Esplanada



Outras notícias