PF investiga fraude no pagamento de professores indígenas no Pará

17 de fevereiro de 2017
pf

G1

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na Prefeitura e na Secretaria de Educação do município de Brejo Grande do Araguaia, no sudeste do Pará, nesta quinta-feira (16). A operação investiga fraudes no pagamento de professores indígenas da aldeia Suruí.

A suspeita da PF é que os índios recebiam salários menores do que a remuneração prevista nas verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Se os suspeitos de se apropriarem do dinheiro forem condenados, podem cumprir até 12 anos de prisão.



Outras notícias