Policial federal e vereador mais votado de Montes Claros, Claudio Prates é aposta para o Congresso

21 de setembro de 2017

A principal frente de trabalho do policial federal e vereador é a prevenção ao uso de drogas e o resgate da cidadania de crianças e adolescentes

Após realizar dois encontros nacionais com policiais federais que ocupam cargos eletivos no Brasil, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) coloca em prática o projeto de incentivar  a representação da Carreira no Congresso Nacional e nas Câmaras Legislativas e Municipais. A iniciativa é uma resposta às diversas manifestações populares, feitas junto à Fenapef, para que a Federação indicasse e divulgasse o nome dos policiais federais que participarão das próximas eleições.

Em Minas Gerais, um dos nomes mais cotados para assumir a candidatura de deputado federal é o policial federal e vereador Claudio Prates. Na PF há 15 anos, ele foi o vereador mais votado de Montes Claros (MG), nas eleições de 2012 e 2016, com campanha realizada nas redes sociais.

Depois da vitória do ano passado, Prates foi eleito presidente da Câmara Legislativa do município e, recentemente, assumiu o comando da Associação Mineira de Câmaras Municipais (AMCM).

Sua principal frente de trabalho é a prevenção ao uso de drogas e o resgate da cidadania de crianças e adolescentes. As propostas também contemplam secretarias menos valorizadas, como as de cultura e esporte. “Nunca tive o sonho de ser político. Mas a partir do momento que percebi que meus desejos dependiam da minha contribuição social, decidi participar”, afirma o escrivão da PF.

Para garantir votos suficientes em seu estado, Prates contará com o apoio dos colegas policiais federais. Segundo o presidente da Federação que representa os 14 mil profissionais da Carreira, Luís Antônio Boudens, o vereador “mostrou que é a pessoa mais capacitada para representar os policiais federais em Brasília, pela importância do trabalho que desenvolveu em seu primeiro mandato e pela firmeza com que defende os interesses da Carreira e da sociedade”, destacou.

Na avaliação de Boudens, os policiais federais conquistaram a credibilidade da sociedade e mostraram que estão comprometidos com uma mudança no cenário político-institucional. “Os brasileiros estão decepcionados com a política e depositaram suas esperanças de um País mais justo nos Policiais Federais, que podem contribuir seja no combate efetivo à corrupção e à criminalidade, seja com uma atuação política firme”, destacou

Propostas dos policiais federais
O presidente esclarece que o “Projeto Fenapef 2018” é importante sobretudo para levar o conhecimento da área de segurança pública para a agenda de debates nacional, com intuito de que os pleitos da classe sejam acolhidos e, dentro do possível, atendidos. A expectativa é que os policiais federais eleitos defendam a modernização da segurança pública, a desburocratização do processo penal e do inquérito policial, o ciclo completo de polícia, a regulamentação da carreira e a elaboração do Plano Nacional de Indenização das Fronteiras.

Agência Fenapef



Outras notícias