Representantes de policiais federais se articulam contra medidas do Governo

6 de dezembro de 2017

Diretores da Fenapef e lideranças dos sindicatos de Alagoas, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina passaram a terça-feira (5) no Congresso Nacional em articulação com parlamentares contra a Reforma da Previdência e a Medida Provisória 805/2017, que amplia de 11% para 14% a contribuição previdenciária de servidores públicos federais e adia reajustes conquistados após intensas mobilizações e negociações.

Durante todo o dia, os policiais federais visitaram gabinetes de deputados de seus estados, questionaram os congressistas sobre a PEC e a MP e falaram com a imprensa a respeito da mobilização que está sendo organizada na próxima semana.

Ação do SSDPFRJ
Segundo informações do presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Rio de Janeiro (SSDPFRJ), a comitiva do estado conseguiu visitar todos os 46 gabinetes de deputados que representam o RJ.

“A ação coordenada pela Fenapef  tem como objetivo barrar a reforma da Previdência de Temer. Os parlamentares estão sendo advertidos que aqueles que votarem pela aprovação da reforma não retornarão ao Congresso em 2019”, declarou.

Agência Fenapef



Outras notícias